Windows Azure Storage: Infra-estrutura de armazenamento

Cloud Computing & Microsoft Azure & Microsoft Azure Storage

Vamos falar um pouco sobre alguns dos conceitos básicos do Windows Azure Storage explorando mais um pouco da arquitetura do sistema de armazenamento.

image_4

Como já vimos anteriormente, o Windows Azure Storage inclui um conjunto de serviços robustos. Estes serviços estão sempre disponíveis, são duráveis e altamente escaláveis. Eles fazem parte integrante de uma aplicação de cloud-enabled. Esses benefícios são o resultado de uma complexa arquitetura que oferece muitas opções. Compreender esta arquitetura pode ser assustador, e você pode se perguntar por onde começar.

Aqui iremos explorar conceitos básicos e tecnologias que compõem o sistema de armazenamento do Windows Azure. Aconselho que você dê uma lida nos demais artigos desta série:

Estrutura de armazenamento

A infra-estrutura de armazenamento para o Windows Azure é composto de assinaturas, contas, armazenamento e serviços de armazenamento. As subscrições são os pontos de entrada para o Windows Azure em si. Sem ele, você não pode acessar as ferramentas de gerenciamento que você precisa para criar as contas e serviços. Assinaturas estão associadas a um ID do Windows Live. Para adquirir uma assinatura, explore as várias ofertas e modelos e preços.

Veja http://www.microsoft.com/windowsazure/offers/ para mais informações.

Depois de criar uma assinatura, você pode acessar o portal do Windows Azure (https://windows.azure.com). A partir daqui, você pode criar contas de armazenamento, bem como outras contas, tais como contas de hospedagem para seus serviços de computação.

Conta de Armazenamento

Cada assinatura pode ter zero ou mais contas de armazenamento. Contas de armazenamento são os pontos de entrada em serviços de armazenamento. Cada conta tem a capacidade para um terabyte de armazenamento.

Para criar uma conta de armazenamento, entre no Windows Azure Management Portal e navegue até Hosted Services, Contas de armazenamento & view CDN. Clique em nova conta de Armazenamento e será exibido a seguinte caixa de diálogo.

conta

O valor que você digitar no campo URL é o nome da sua conta de armazenamento. Esse nome deve ser único entre todos os serviços de armazenamento existentes, porque ela forma a primeira parte do hostname dos serviços. A segunda parte do nome do host indica o tipo de serviço que é. Por exemplo, se o nome da conta de armazenamento é "vitormeriat", ao usar o serviço de blob o hostname será vitormeriat.blob.core.windows.net.

Em seguida, você precisa especificar a região a partir do qual a conta de armazenamento será atendida. A região indica a localização geográfica do centro de dados que irá hospedar seus serviços. Você deve escolher a região com base em onde seus usuários estão localizados. Se você planeja implantar um aplicativo do Windows Azure que vai usar sua conta de armazenamento, a região tanto para o armazenamento de contas como do serviço hospedado deve ser o mesmo. Escolher a mesma região proporciona benefícios de custo. Por exemplo, a largura de banda entre os serviços de armazenamento e os serviços hospedados é gratuita, e haverá ampla largura de banda, e períodos de baixa latência.

Estas são as diferentes regiões que atualmente você pode escolher:

  • Norte dos EUA
  • Sul dos EUA
  • Europa do Norte
  • Europa Ocidental
  • Oeste da Ásia
  • Sudeste da Ásia

Localização das regiões citadas acima:

IC525308

Emulando o armazenamento

Quando você constrói um aplicativo que usa um ou mais serviços de armazenamento, você pode desenvolver utilizando instâncias locais desses serviços. O emulador de armazenamento (storage emulator) é um aplicativo que fornece os serviços locais de tabela blob, e fila em seu ambiente de desenvolvimento.

O storage emulator faz parte do Windows Azure Software Development Kit (SDK), e que o ajuda dentre outras formas, reduzindo o custo de desenvolvimento.

Lembre-se que uma premissa da cloud computing é que pagamos o que usarmos, sendo assim não há a necessidade de utilizar os serviços reais da nuvem a todo o momento.

Ao contrário dos serviços de armazenamento do Windows Azure, que usam um nome de domínio, os serviços locais que são hospedados pelo emulador de armazenamento e são abordados com o seu endereço IP local 127.0.0.1 e portas que vão 10000-10002. Aqui estão os serviços e os respectivos endereços:

Você vai notar que o caminho no endereço inclui "devstoreaccount1". Este é o nome da conta para o serviço de armazenamento local. O emulador de armazenamento suporta apenas uma conta, tendo apenas um nome e uma chave o que nos dá a possibilidade de utilizarmos um atalho para a conta de armazenamento local. Isto foi abordado com mais detalhes em Windows Azure Storage: Azure Storage Emulator e Armazenamento na Nuvem.

Você pode iniciar o emulador de armazenamento através da barra de tarefas clicando em Iniciar , Todos os Programas , Windows Azure SDK v1.4 ou v1.5 e clicando em Storage Emulator. Isso inicia o emulador, tanto o serviço de armazenamento como a aplicação de monitoramento para que você possa acessar a interface gráfica do usuário como na imagem abaixo:

Sem título

Interface gráfica para os serviços de armazenamento local.

interface

Outra maneira de iniciar o emulador de armazenamento é utilizando o comando DSInit na ferramenta de linha de comando fornecida no SDK do Azure. Na barra de tarefas, clique em Iniciar , Todos os Programas , Windows Azure SDK v1.4 ou v1.5 e clique em Windows Azure SDK Command Prompt . O comando DSInit aceita os seguintes parâmetros:

  • sqlInstance - Este parâmetro fornece o nome da instância do SQL Server. Você pode usar "." para indicar que você deseja usar a instância padrão. Quando você usa o SQL Express como seu banco de dados, você deve fornecer o nome da instância, como "SQLEXPRESS".
  • forceCreate - Este parâmetro reinicializa o banco de dados.

Executando o DSInit:

002

Se tudo correr da maneira esperada, você vai ver a tela abaixo que exibe o resultado da inicialização dos serviços bem como da criação do bando de dados local que vai armazenar estas informações.

001

Um ótimo estudo a todos.


Author's profile picture

Vitor is a computer scientist who is passionate about creating software that will positively change the world we live in.

MVP Azure - Cloud Architect - Data science enthusiast


6 minutes to read