GitHub para desenvolvedores Microsoft

Agile & ALM

octocatDesenvolver hoje é um desafio. Equipes grandes, muitos papeis, estimativas irrealistas, problemas de comunicação, escritórios lotados e uma série de outro fatores que influenciam na qualidade e saúde do código. Quando levamos estes fatores em consideração, se torna claro a necessidade de ferramentas que nos auxiliem a garantir esta saúde ou possibilidade de manter as versões saudáveis com os arquivos de código fonte sob algum tipo de controle ou versionamento.

O controle de versão é um sistema que registra as mudanças feitas em um arquivo ou um conjunto de arquivos ao longo do tempo de forma que você possa recuperar versões específicas.

Se você é desenvolvedor colaborativo sabe a importância dos sistemas de versionamento de código fonte. Manter o controle das alterações e novas funcionalidades torna-se fundamental. É nesse cenário que optar por um Sistema de Controle de Versão (Version Control System ou VCS) é uma decisão sábia.

Um VCS permite reverter arquivos para um estado anterior, reverter um projeto inteiro para um estado anterior, comparar mudanças feitas ao decorrer do tempo, ver quem foi o último a modificar algo que pode estar causando problemas, quem introduziu um bug e quando, e muito mais. Usar um VCS normalmente significa que se você estragou algo ou perdeu arquivos, poderá facilmente reavê-los. Além disso, você pode controlar tudo sem maiores esforços.

Para os desenvolvedores Microsoft o Team Foundation Server (TFS) tem sido a grande opção. É claro que o TFS não é apenas um simples controle de versão e sendo assim acaba sendo algo muito grande para determinadas necessidades. Com base nisso apresento o GitHub. O GitHub é um serviço web compartilhado para projetos e que usa o controle de versão Git. O GitHub possui planos comerciais e gratuitos para projetos de código aberto. Sendo assim ele é utilizado como repositório online de códigos fonte para projetos de código aberto. Além disto, o GitHub possui funcionalidades de uma rede social como feeds, followers, wiki e um gráfico que mostra como os desenvolvedores trabalham as versões de seus repositórios.

GitHub

O Git é o principal controle de versão do mercado quando o assunto é Distributed Concurrent Versions System (DCVS) permitindo ao desenvolvedor ter um sistema de controle de versões distribuído independente do servidor. No GitHub temos a possibilidade de trabalhar com repositórios espalhados onde push’s e pull’s são trocados entre diferentes desenvolvedores de um mesmo projeto. Isso é claro pode virar um caos. Pode acontecer de chegar a uma situação onde 'n' diferentes desenvolvedores tem 'n' diferentes versões do software, o que não seria legal. Para resolver esse problema é uma prática comum adotar um repositório como sendo "O Repositório", e esse repositório será aquele que terá sempre a versão mais recente, e mais completa, do software e de onde novos desenvolvedores que começarem a participar do seu desenvolvimento poderão obter a cópia mais atualizada. O GitHub funciona como sendo "O Repositório". Cada diferente desenvolvedor que quiser trabalhar em um mesmo projeto simplesmente pede uma cópia desse repositório e começa a trabalhar. É lógico que, para os usuários mais xiitas do terminal, tudo isso pode ser feito por linha de comando, mas nada melhor do que ter um ambiente onde tudo isso é feito com 1 clique e ainda seja possível verificar quantas pessoas pegaram uma cópia do seu repositório, e mesmo quem, com a mesma facilidade. Além disso o GitHub ainda cria uma interface para que, quando um desenvolvedor quiser enviar as modificações que fez para "O Repositório", os administradores desse repositório central possam fazer comentários e sugerir alterações antes de aceitar essa modificação. No próximo post vamos conhecer o GitHub na prática. ## Até mais e bom estudo a todos!


Author's profile picture

Vitor is a computer scientist who is passionate about creating software that will positively change the world we live in.

MVP Azure - Cloud Architect - Data science enthusiast


3 minutes to read