Ao longo da minha parca experiência com o Windows Azure pude ver em diversos momentos algumas solicitações e anseios da comunidade por mudanças em alguns recursos do serviço de storage do Azure. Parece que o time de Azure estava bem atento e trouxe novidades significativas nesta release, tornando o Windows Azure Storage mais “atraente”. As novidades para o serviço de armazenamento do Windows Azure não foram tantas, porém foram essenciais. Neste post vou relatar de forma resumida estas alterações.  ...

Read Post

Nós redesenhamos o portal de gerenciamento. Clique em 'Next' para participar do passeio… Foi exatamente assim que fui recepcionado ao o consumir os novos recursos disponíveis para o Windows Azure. Neste post pretendo fazer este tour mostrando um pouco das novidades do novo portal de gestão do Azure. Como postei anteriormente em Por dentro do novo Windows Azure, o novo portal de gestão do Windows Azure trouxe algumas novidades, não só em questão estética mas em organização lógica. Para iniciar...

Read Post

No dia 07-06-2012 foi anunciado mundialmente direto de San Francisco através de um grande evento online o novo Windows Azure. Algumas features já eram aguardadas com anseio pela comunidade e desenvolvedores Azure, outras foram de certa forma surpresas extremamente agradáveis. Vou estar condensando neste post as melhorias e novos recursos do Windows Azure. A organização lógica do novo Windows Azure está dividida em 5 “tipos” de recursos: Web Sites Virtual Machines Cloud Services Big Data (Storage Service e SQL) Media...

Read Post

Aqui vai um post sobre o uso de stored procedures no Entity Framework. Não vou entrar no mérito da importância de SPs ou se ORMs como o EF eliminam esta necessidade. Vou apenas me ater as funcionalidades e motivos de algumas estranhezas ao se falar em SPs no Entity Framework.   Introdução Para este fim criei uma aplicação MVC Razor com um Banco e duas tabelas, Cliente e Compra. Como na imagem abaixo:   Agora vamos mapear o banco a...

Read Post

Pessoal, a próxima semana vai ser recheada de webcasts pelo grupo de MTACs. Esta semana em questão vai abordar temas sobre Infra/Azure. Eu estarei palestrando no dia 17 (terça) sobre o seguinte tema: Azure Storage Service na prática. A ideia é mostrar um pouco da arquitetura de storage do Azure, como isso reflete no desenvolvimento e possibilidades do storage na nuvem. Vamos ter bastantes demos já com alguns macetes importantes para quem está ou quer iniciar seus trabalhos na nuvem....

Read Post

3º passo: Blobs API de referência: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/dd135733.aspx Na listagem abaixo temos a classe BlobStorage que herda de StorageAzure. Nossa classe tem uma constante para definir o host a ser utilizado. Implementamos o construtor da classe base e logo após temos os três métodos da nossa API: CriaContainer, CriaBlob e DeleteBlob. O método CriaContainer possui como argumentos o nome do container a ser criado e uma variável booleana indicando se este container deve ser público (acessível a todos) ou privado (acessível...

Read Post

  Os primeiros passos Antes de continuar nosso artigo, é importante repassarmos alguns termos importantes juntamente com o seu comportamento em relação ao Azure. URL A URL identifica o recurso que você deseja obter. No armazenamento do Windows Azure, isso normalmente inclui o nome da conta no hostname, e o recurso informado no caminho. Headers (cabeçalhos) Para cada requisição (request) ou resposta(response) em HTTP, temos um cabeçalho que fornece as informações necessárias sobre o pedido. Você pode se utilizar destes...

Read Post

Neste artigo, estarei abordando um pouco das entranhas do serviço de armazenamento do Windows Azure (Blob, Tables e Queues). Com exceção do SQL Azure, que transfere dados usando o protocolo TDS em uma conexão SSL (não oferecendo suporte a conexões não criptografadas), todos os serviços de armazenamento são expostos através de uma API HTTP RESTful. Sendo assim, vamos codificar nossa API RESTful para aprendizado. O código completo estará disponível na parte final do artigo. “Chama-se RESTful os sistemas e APIs...

Read Post

«««< HEAD Ai vai mais uma dica de “produtividade” para o Windows Azure. Se tinha uma coisa irritante nas versões anteriores ao SDK 1.4 era a não validação de pacotes para deploy do Azure. Vamos supor o seguinte: Você fez sua aplicação para o Azure e codificou uma class libary chamada MinhaDependencia com suas regras de negócio. Neste ponto seu projeto tem uma dependência do assembly MinhaDependencia.dll. Se por algum motivo esta dependência não estiver anexada ao pacote, seu deploy...

Read Post

O pessoal que está trabalhando ou estudando o Azure, provavelmente já esbarrou com este problema. Fazer um deploy da aplicação na nuvem e o mesmo ficar “eras” em estado de “Busy” ou “Initializing”, exatamente como na imagem abaixo: Neste caso específico (e que havia ocorrido anteriormente comigo), meu arquivo ServiceConfiguration.cscfg que tem a diretiva DiagnosticsConnectionString estava apontando para o desenvolvimento local. Este é o comportamento esperado, o seu estado default.   O problema Quando tentamos fazer um deploy da aplicação...

Read Post