Olá pessoal… novamente tive a grande honra de participar do IoT Weekend, desta vez na edição Brasília (minha terra natal). Foi um evento maravilhoso, com um público muito atento, palestrantes extremamente qualificados e grandes cases de sucesso, entre IoT e Cloud Computing. Como prometido segue o material da minha apresentação, Cloud Computing, o BackStage entre dispositivos e usuários. Nesta apresentação, utilizando um exemplo prático, vimos sobre fundamentos de Cloud Computing, utilização protocolos como AMQP e MQTT, Big Data, Stream Analytics...

Read Post

No dia 22 de julho de 2015 tivemos a trilha Universal Windows do TDC (The Developer’s Conference) 2015, edição São Paulo. Este ano tive o privilégio de palestrar sobre o cliclo de vida de aplicações UWP com Windows10, e como o prometido, segue o material utilizado na apresentação junto com as referências para quem quiser se aprofundar no assunto. Resumindo a apresentação Ao iniciar, suspender e retomar seu aplicativo de forma adequada, você assegura que o cliente tenha a melhor...

Read Post

IoT, Mobile, Big Data, Stream Analytics e por ai vai. Cada vez temos mais referências da necessidade dos chamados NoSQLs. A verdade é que o cenário de armazenamento de dados clássico tem se tornado inviável em alguns cenários. Para aqueles de nós que já estão vendo este futuro hoje, vale entender as bases deste novo mundo cheio de diferenças em relação ao nosso tradicional modelo relacional de armazenamento de dados.</p> Com a crescente necessidade de análise de grandes volumes de...

Read Post

Primeiro acenda um LED, depois domine o mundo! Seguindo esta premissa estou disponibilizando meu primeiro projeto/estudo em Node.js no Arduino. Trata-se de um simples blink utilizando Node.js, Socket.io, Firmata e Johnny-five no Visual Studio. Abaixo segue o vídeo de demonstração: O projeto é bem simples e tem o passo-a-passo já está descrito no Github. Para mais detalhes e baixar o projeto, acesse o Repository da solução aqui!   O código Em app.js temos: var express = require('express'), app = express(),...

Read Post

Recentemente fui questionado sobre opções para se trabalhar com o Arduino no Visual Studio. Como acho esse um tema interessante (um tanto pelo interesse do público em IoT, um tanto por ser da comunidade Microsoft), resolvi condesar aqui as minhas dicas de como utilizar o Visual Studio para programar um Arduino. Temos aqui duas estratégias distintas: Node.js e o Arduino for Microsoft Visual Studio. Ambas utilizam a mesma base para a comunicação com o Arduino, sendo assim o primeiro passo...

Read Post

Quem trabalha com JavaScript conhece bem a problemática em relação ao escopo e criação de variáveis. Uma das grandes preocupações dos desenvolvedores JavaScript é evitar o uso indiscriminado de variáveis globais, o que pode levar a erros terríveis e de difícil rastreabilidade. Como "AINDA" não temos uma sintaxe de módulos do próprio JavaScript, o padrão é a utilização de módulos para garantir um escopo de variáveis fechado, além de simular a privacidade de atributos e funções. Este pattern pode envolver...

Read Post

Este ano tive o prazer de participar nos dias 19 e 20 de junho, da segunda edição do Intel IoT Roadshow, evento de porte mundial onde foi divulgado o Intel Edison. Todos os participantes receberam um kit que incluía um Intel Edison, uma placa Arduino Breakout Board e os sensores do Grove Starter Kit, para que todos os envolvidos, além de conhecer a placa, pudessem desenvolver projetos. Foi um ótimo evento com a participação de diversos profissionais, em sua maioria...

Read Post

Criar objetos é a especialidade do Factory Pattern. A grande vantagem desse pattern é que ele reduz a duplicação das tarefas de inicialização em objetos similares, além de permitir abstrair construções que podem ser complexas. Normalmente o método responsável por inicializar os objetos é um método estático, que no contexto do JavaScript pode ser adaptado para um método adicionado diretamente à função construtora. function Usuario(attrs) { for (var nome in attrs) { this[nome] = attrs[nome]; } } Usuario.build = function...

Read Post

Sabemos que um dispositivo tem como objetivo estar conectado, gerando informações ou recebendo informações e que a escalabilidade é um tópico discutido desde as fases mais remotas de um projeto de IoT, a nuvem vem como não um aliado, mas um ponto necessário. Microsoft Azure, Amazon, Google Cloud, todas partem do princípio de escalar e ser elástico e além de termos diversos serviços que visam facilitar o desenvolvimento e manutenção. Esta apresentação foi focada, em além de introduzir uma visão...

Read Post

O Singleton Pattern diz que você pode ter apenas uma única instância de uma classe (ou, no caso do JavaScript, função construtora). Isso significa que uma vez que a classe for instanciada, você deve sempre retornar esta mesma instância em chamadas subsequentes. Um exemplo clássico deste pattern é usar um único objeto como namespace de sua aplicação, como podemos ver no exemplo abaixo: var MinhaApp = {}; Pelo fato de termos definido a variável como um objeto, não podemos instanciar...

Read Post